Hipoderme da terra – Printer, 2024

4.300,00

Parte do conjunto de obras “Hipoderme da Terra”, apresentada em exibição individual no Coletivo Amarelo.

Caixa de metal de 20 x 20 x 20 cm, com mini-impressora interna, além de sensores e controladores conectados à internet. Impressões de poemas de Drummond de Andrade, alterados ao longo da exposição, com dados do site da Companhia Vale do Rio Doce.

1 em stock

Peça de arte autêntica

Suporte a artistas emergentes

7 dias para devolução

O tríptico Hipoderme da Terra (2024) tem como ponto de partida a história da mineração no interior do Brasil e, particularmente, a violência contida no esgotamento do Pico do Cauê, em Itabira-MG, transformado em cratera. Carlos Drummond de Andrade, popularmente conhecido como o "poeta da pedra", fala do Pico do Cauê como uma "montanha pulverizada". Por seu lado, Hipoderme da Terra é um tríptico de imagem, som e texto distorcidos.

Esta obra consiste em uma pequena caixa metálica pendurada no teto, contendo uma pequena impressora que, durante a exposição, imprime uma seleção de poemas de Drummond de Andrade. Ao longo do tempo da exposição no Coletivo Amarelo, e a partir de um algoritmo sensível à flutuação do preço do ferro da Companhia Vale do Rio Doce na bolsa de valores, os poemas serão interferidos por textos do portal ESG da Vale. Este portal contém informações sobre o desempenho ambiental, social e de governança desta grande empresa mineira. Assim, a impressora representa a contaminação entre as narrativas aparentemente objetivas do mercado, e as contra-narrativas situadas do poeta.



					

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 20 × 20 × 20 cm
Tipo

Pigmento natural em papel PC Velvet (celulose e algodão).

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Hipoderme da terra – Printer, 2024”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Produtos Relacionados

Estas obras de arte talvez também possam interessar

Blogue

Affordable Art Fair Brussels

6 de Fevereiro de 2024 por Stephanie Wruck
Coletivo Amarelo na Affordable Art Fair em Brussels Após participar das edições da Affordable Art Fair em Amsterdam e Hamburgo [...]

Visita Guiada no Museu Geológico de Lisboa

31 de Janeiro de 2024 por Stephanie Wruck
Sexta-feira, dia 2 de fevereiro às 15h, visita guiada + projeção do filme “Ongoing Cave” de Julián D’Angiolillo. É uma [...]

A PELE DA TERRA

11 de Janeiro de 2024 por Stephanie Wruck
MARQUE ESTA DATA: Abertura dia 20 de janeiro, das 18h ás 21h. A PELE DA TERRA marca a primeira exposição [...]

SIGNS POINT TO YES

13 de Dezembro de 2023 por Stephanie Wruck
“A arte é uma magia que faz as horas derreterem e até os dias se dissolverem em segundos, não é [...]

SIGNS POINT TO YES

29 de Novembro de 2023 por Stephanie Wruck
SIGNS POINT TO YES é uma exposição que encerra o primeiro ano de existência do Coletivo Amarelo, reunindo as obras [...]

Affordable Art Fair Hamburg

7 de Novembro de 2023 por Stephanie Wruck
Coletivo Amarelo na Affordable Art Fair em Hamburg Após participar na edição da Affordable Art Fair em Amsterdam, o Coletivo [...]

Affordable Art Fair Amsterdam

24 de Outubro de 2023 por Stephanie Wruck
Coletivo Amarelo na Affordable Art Fair em Amsterdam Em novembro, o Coletivo Amarelo estará presente na Affordable Art Fair em [...]

Chico Diaz e o Real Imaginário: um encontro entre paisagens oníricas e a física das emoções

9 de Outubro de 2023 por Stephanie Wruck
Dentro das cores vibrantes e expressões contundentes, adentramos em um universo onde o imaginado se funde com o concreto, onde [...]