ABSURDO

Nossas vidas foram permanentemente manchadas pelo absurdo?<br><br>Em meio a uma pandemia, turbulência política e um sentimento debilitante de incerteza, nossa sociedade está passando por grandes convulsões, indicando o que pode vir a seguir. Caos, redes sociais e grandes doses de absurdo são alguns dos pilares que caracterizam nossas vidas. Com nossas rotinas cada vez mais fragilizadas, as tarefas mundanas parecem perder o sentido, forçando-nos a confrontar nosso pungente senso de autoconsciência: o que realmente importa?<br><br>Nossa realidade é repentinamente definida por um vírus invisível que nos separa uns dos outros. O contato físico restrito afetou as engrenagens da sociedade e, conforme adaptamos, nada mais parece totalmente familiar.<br><br>Apesar da fadiga trazida pela tragédia e injustiça, os acontecimentos atuais também não são mais surpreendentes, ao contrário, o absurdo de tudo parece existir nos lugares mais comuns. Experimentamos o mundo físico, pagamos nossos impostos, limpamos nossas casas e cuidamos de nossos filhos, mas assim que tomamos consciência de nossos próprios atos, a realidade deixa de fazer sentido.<br><br>Somos encurralados pelo absurdo.<br><br>Na tentativa de manter algum tipo de normalidade, estamos hospedando festas virtuais online, onde as pessoas "se reúnem" ao mesmo tempo e dançam na frente de seus computadores. Relacionamentos românticos surgem em redes sociais, um espaço considerado seguro para compartilhar intimidades com estranhos em questão de minutos.<br><br>Até mesmo nossa relação com o trabalho mudou, pois quando trabalhamos em casa, qualquer separação entre trabalho e vida doméstica é apagada. Ainda assim, somos cobrados por altos níveis de produtividade enquanto lutamos para entender como existir sob essas novas circunstâncias.<br><br>Somos encurralados pelo absurdo.<br><br>Se o absurdo cerrou as garras dentro de nossas realidades, como que ele se expressa em trabalhos de arte? As obras dos artistas estão sendo conscientemente ou inconscientemente pintadas com tons absurdos? Nos próximos dias, estaremos observando obras de arte por meio de lentes sem sentido, questionando suas qualidades absurdas.<br><br>Convidamos você a construir conexões entre a arte e o absurdo dos tempos atuais conosco.<br><br>Perguntamos: como a arte tem ajudado a dar sentido ao absurdo dos tempos atuais?